A Igreja de Ossos em Kutná Hora, Praga.

Nossa amiga Gaby, do blog Gaby Pelo Mundo deu um rolê em Praga e foi conhecer a famosa Igreja de Ossos, em Kutná Hora. Ela contou pra gente como foi essa experiência incrível, saca só:

579007_418805874840665_2038034773_n

Nossa primeira parada era a Igreja de Ossos. Afinal, estávamos ali por causa dela né? Você deve achar que eu sou meio mórbida, indo a lugares como cemitérios (em Buenos Aires) ou uma igreja feita de ossos…Mas não é. O que acontece é que eu acho que tudo vale a pena em uma viagem, até mesmo lugares exóticos…rsrs.

Depois de uma caminhada básica (em torno de uns 40min) chegamos à Igreja. Gente, eu juro que esperava muito mais daquele lugar. Sabe aquela sensação de: “Parecia tão maior…” Pois é, esse tipo de frustração parece ser normal na Europa (A Monalisa, A Capela Sistina, A Igreja de Ossos…Todos eles pareciam ser maiores na TV ou no cinema).

Mas já que estávamos ali, entramos na tal igreja. Pagamos um ingresso que dava o direito de conhecer também a igreja de Santa Bárbara, que pelas fotos do nosso mapinha, era bem bonita e valia a pena conhecer.

Sim, a igreja é bem mórbida…Lustres feitos de ossos, candelabros feitos de crânio, até o brasão da igreja era feito de osso.

253145_418806201507299_605891428_n

De acordo com a história “na Idade Média, Kutná Hora foi alvo de várias disputas sangrentas e os soldados mortos eram enterrados ao redor da capela. Com o crescimento da cidade, o tamanho do cemitério, que chegou a ser maior que dez campos de futebol, encolheu. Os esqueletos acabaram sendo transferidos para o interior do templo. Os ossos humanos começaram a ser usados na decoração da capela em 1.511, ideia dos próprios monges do Mosteiro de Kutná Hora, que pretendiam apenas dar uma arrumada no ambiente. Só 200 anos mais tarde, no século XVIII, durante as obras de restauração da capela é que surgiu um projeto arquitetônico e os esqueletos viraram oficialmente arte. A obra do arquiteto simboliza a igualdade de todos os seres humanos perante Deus no dia do juízo final.” (Site Fantástico)

189143_418806241507295_1501071127_n 9282_418806014840651_1562110949_n

A igreja não assusta ninguém e além da decepção do tamanho, acho que vale a visita. Já imaginou o povo ficando doido ao ver as suas fotos numa igreja toda feita de ossos?

Anúncios

Sobre Vagabundo Profissional

“Muitos pensam que sou rico. Outros pensam o contrário. O que ninguém sabe é que minha riqueza é medida em histórias, em experiências e pessoas. Sim, sou rico. Porque viajei o mundo sem um único centavo no bolso. Sim, sou rico. Por causa das pessoas que conheci. Mas acima de tudo, sou rico, por que descobri o verdadeiro significado da vida.” (Fergal Smith)
Esse post foi publicado em O viajante é você.. Bookmark o link permanente.

Comente no Vagabundo Profissional

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s