10 conselhos para aproveitar a vida dados por um paciente terminal.

As pessoas que viajam normalmente conhecem bem a expressão “aproveitar a vida”. Mas e se a chance de viver nos fosse negada?

Vimos na internet a história de Denis Wright, que vive desde dezembro de 2009 com glioblastoma, um tipo de tumor cerebral agressivo. Sua doença é, de acordo com os neurocirurgiões que o tratam, impossível de curar.

Denis tem 66 anos, é professor de Estudos Asiáticos da Universidade de New England e vive em Armidale, na Austrália.  Em várias ocasiões, os médicos deram datas que supostamente Wright ia morrer. Além de todas as probabilidades, Denis ainda está aqui, entre nós.

images

Denis mantém um blog chamado My Unwelcome Stranger e fala diretamente com seus seguidores no Twitter:  “Este é um espaço para refletir sobre a vida, e uma área interativa onde podemos compartilhar nossas experiências livremente. Sem você, esse blog não tem razão de existir “, disse que os leitores fiéis de suas postagens. Para eles, também coloquei uma lista, que reflete 10 lições de vida que todos devem ter em mente:

1 – Não gaste sua vida em um trabalho que você odeia. A vida é muito curta para viver só à noite e fins de semana.

2 – Se em sua vida acontece algo ruim e sobre o qual você não tenha controle, aprenda tudo sobre o assunto e como conviver com isso. Dar com a cabeça contra uma parede não faz sentido.

3 – Se você acha que pode mudar algo, então faça o seu melhor para alcançá-lo.

4 – Não há decisões boas ou más. Se você fez alguma coisa e acha que foi uma má escolha, aprenda com isso e faça melhor da próxima vez.

5 – Não fique estagnado ao passado pensando que poderia ter mudado isso ou aquilo. Melhor se dedicar a viver no presente.

6 – Peça desculpas o mais rápido possível, quando você achar que fez algo ruim a alguém. Não tente fingir que você é perfeito, aceite a sua responsabilidade.

7 – Mantenha todas as suas opções possiveis em aberto o maior tempo possível. Não as tire de cogitação antes do tempo

8 – Tente manter seu senso de humor, mas nem sempre é possível.

9 – “Carpe Diem” Ou, para um bom português, aproveite o dia!

E, finalmente, a lição mais importante, considerando que se trata e quem é:

10 – Não tenha medo da morte. Se não tem medo, não temerás também a vida.

Fonte:  entremujeres.com

Anúncios

Sobre Vagabundo Profissional

“Muitos pensam que sou rico. Outros pensam o contrário. O que ninguém sabe é que minha riqueza é medida em histórias, em experiências e pessoas. Sim, sou rico. Porque viajei o mundo sem um único centavo no bolso. Sim, sou rico. Por causa das pessoas que conheci. Mas acima de tudo, sou rico, por que descobri o verdadeiro significado da vida.” (Fergal Smith)
Esse post foi publicado em Matéria. Bookmark o link permanente.

Comente no Vagabundo Profissional

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s